Seguidores

OBRIGADO POR VISITAR NOSSO BLOG, FIQUE ATUALIZADO COM NOTÍCIAS DO UNIVERSO DOS CATADORES>

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

NATAL DOS CATADORES DE MATERIAIS RECICLÁVEIS

           Graças a aprovação da lei de resíduos sólidos, ao empenho de vários setores da sociedade, em especial ao ex-presidente Lula, que durante dois mandados apoiou incondicionalmente o movimento dos catadores de materiais recicláveis e que por isso avançou a passos largos a ponto de organizarem-se em cooperativas por todo o Brasil e assim ganharem força e voz, o Natal dos catadores de 2011 com a presidenta Dilma consolida-se em sua oitava edição mais belo do que nunca. Foi um dia glorioso para várias delegações de catadores, houve participação de norte a sul do país. Apesar do ex-presidente Lula não poder participar devido ao tratamento contra o câncer, o mesmo agradeceu a todos os catadores por terem lembrado do mesmo e desejou feliz natal e próspero ano novo.

         Segue abaixo algumas fotos, bem como vídeos mostrando  a importância do evento. Severino Jr. representante do MNCR deixa uma importante mensagem para todos.


video

sábado, 24 de dezembro de 2011

NATAL DOS CATADORES COM A PRESIDENTA DILMA

A Presidenta da República, Dilma Rousseff, participou da comemoração do Natal com catadores de materiais recicláveis e população em situação de rua, na manhã desta quinta-feira (22), na cidade de São Paulo/SP. A tradição, que começou pelo ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, teve início em 2003. A Ministra da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), Maria do Rosário, também esteve presente na celebração.

Durante o encontro, a presidenta Dilma Rousseff disse que o governo vai dialogar com os governadores sobre uma forma de combater a violência a qual estão submetidas as populações de rua e muitos catadores de lixo. Os catadores apresentaram uma lista de 142 mortes de moradores de rua ocorridas neste ano, por fatores diversos, mas principalmente pela ação de grupos de extermínio e por ação da polícia.

"Nós temos todo um dever em relação à população de rua e o primeiro deles é proteger a vida e proteger contra a violência. O governo federal vai fazer tudo o que puder para impedir que haja nas cidades e nos estados esse nível de violência que vocês estão aqui denunciando. Não controlamos a polícia dos governadores, mas acho fundamental criar com eles um diálogo para impedir isso que a Maria Lúcia [liderança de catadores] veio aqui denunciar. E que não denunciou tudo, conforme ela me disse", acrescentou Dilma.

Dilma defendeu também que os catadores de lixo procurem se associar em cooperativas e disse que o governo vai procurar incentivar essa associação por meio do Plano Brasil sem Miséria. Outro fator que o governo pretende incentivar é a qualificação dos catadores no aproveitamento de resíduos sólidos para que a atividade passe a ter importância econômica. "Essa atividade tem que ter consequências econômicas e sociais", disse a presidenta

Para a ministra Maria do Rosário, a presença da presidenta Dilma Rousseff na confraternização dos catadores de recicláveis e da população em situação de rua, reforça a prioridade que o governo brasileiro dá às políticas públicas de promoção da cidadania do segmento. “Nossa meta é combater a violência e afirmar os Direitos Humanos para todas as pessoas deste país”, disse Rosário.

Reivindicações - Os catadores de materiais recicláveis e moradores de rua pediram à presidenta Dilma Rousseff a criação de um plano nacional de defesa da população de rua, durante a Celebração de Natal dos Catadores. Eles disseram que a vida melhorou nos últimos anos, mas ressaltaram, no entanto, que continuam sendo vítimas de discriminação e violência.

“Para nós, são muito claras as conquistas que tivemos. Mas só neste último ano 142 dos nossos morreram nas ruas, assassinados, além dos jatos de água e espancamentos da Polícia Militar. Quantos de nós continuarão morrendo, sendo desprezados pela sociedade?”, questionou, em discurso, a representante do Movimento Nacional da População de Rua, Maria Lucia Santos Pereira.

Maria elogiou a atenção que a categoria tem recebido do governo federal nos últimos anos, mas criticou as autoridades locais. “Temos conquistas federais, mas quando chega ao nível de município, nada acontece. De que forma podemos sensibilizar os prefeitos, dizer a eles que somos seres humanos”, disse.

Segundo o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, várias ações foram tomadas pelo governo em 2011 para apoiar a categoria dos catadores de materiais recicláveis. Foi publicado o Decreto nº 7.619, que regulamenta a concessão de crédito a empresas que compram resíduos sólidos de cooperativas de catadores de materiais recicláveis, constituídas por, no mínimo, 20 cooperados pessoas físicas.

O ministério destaca ainda que lançou o projeto Logística Solidária, que destinou R$ 26 milhões para aquisição de caminhões, capacitação e assistência técnica, estruturação jurídica e instalações físicas de cooperativas. Hoje, segundo o Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis (MNCR), entre 300 mil e 1 milhão de pessoas vivem no país diretamente do recolhimento de utensílios destinados à reciclagem.



Assessoria de Comunicação Social com Agências



quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Ministra Tereza Campello participa do Natal dos catadores em São Paulo

A ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Tereza Campello, participa nesta quinta-feira (22), a partir das 11h, em São Paulo, do tradicional Natal dos catadores de materiais recicláveis e da população em situação de rua. A celebração, que ocorrerá no Sindicato dos Bancários, à Rua Tabatinguera, 192, no centro da capital paulista, contará com a presença da presidenta Dilma Rousseff. A expectativa é que mil pessoas compareçam ao evento.



O ano termina com várias conquistas para os catadores de materiais recicláveis. Além da campanha “Separe seu lixo e acerte na lata”, o governo federal publicou o Decreto nº 7.619, que regulamenta a concessão de crédito presumido do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), até 2014. Já o projeto Logística Solidária destina R$ 26 milhões (recursos não reembolsáveis) para aquisição de caminhões, capacitação e assistência técnica, estruturação jurídica e instalações físicas de cooperativas, além do fortalecimento de redes de organização de catadores.

http://www.pantanalnews.com.br/contents.php?CID=80175

WWF-Brasil e Movimento dos Catadores lançam jogo com a presença da presidenta Dilma

Lançamento ocorre no Natal dos Catadores, em São Paulo, nesta quinta (22), 10h

A ONG ambientalista WWF-Brasil e o Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis (MNCR) lançam jogo educativo nesta quinta-feira (22), às 10h, durante a celebração do Natal dos Catadores, que ocorre na Quadra dos Bancários (rua Tabatinguera, 192, Centro, perto da Estação da Sé do Metrô), em São Paulo, Capital.

A presidenta Dilma Rousseff participa do ato e receberá o primeiro exemplar do jogo, que também será distribuído entre os participantes. Além do lançamento do jogo, WWF-Brasil e MNCR ainda assinam acordo de cooperação para o desenvolvimento de ações para o fortalecimento do trabalho e da organização dos catadores em todo o País.

O jogo “Reciclando” foi desenvolvido para ajudar os catadores na sua organização e para ampliar o conhecimento e a informação da sociedade sobre o trabalho feito por eles.

Será distribuído às organizações dos catadores e utilizado, também, nas cidades que recebem as ações do programa Água Brasil – iniciativa do Banco do Brasil, desenvolvida em parceria com WWF-Brasil, Fundação Banco do Brasil e Agência Nacional de Águas.

A secretária-geral do WWF-Brasil, Maria Cecília Wey de Brito, participa do evento e assina o termo de cooperação com o MNCR. “O correto manejo dos resíduos sólidos e a participação dos catadores neste processo são questões muito importantes para o WWF-Brasil. Os resíduos podem ser problema ou solução, dependendo do que fazemos com eles. No WWF-Brasil trabalhamos para encontrar soluções de sustentabilidade nas cidades e de inclusão social dos catadores”, diz a ambientalista.

http://www.inteligemcia.com.br/56581/2011/12/21/wwf-brasil-e-movimento-dos-catadores-lancam-jogo-com-a-presenca-da-presidenta-dilma/

domingo, 18 de dezembro de 2011

O NATAL DOS CATADORES

Instituto Lula definirá agenda do petista




A diretoria do Instituto Lula se reunirá na próxima segunda-feira (19) para discutir uma eventual agenda de compromissos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para as próximas semanas. Um dos principais temas da pauta será a participação do petista no tradicional Natal dos Catadores, festa de fim de ano que conta desde 2003 com a presença do ex-presidente. No último encontro, em 2010, o petista manifestou o desejo de que a então presidente eleita Dilma Rousseff mantivesse a tradição.

O evento deste ano ainda não tem data definida, mas poderá acontecer entre os dias 22 e 23 de dezembro. Segundo o Sindicato dos Bancários de São Paulo, que cede a quadra para a festa, as presenças de Lula e Dilma ainda não foram confirmadas, apesar de aliados da presidente informarem que a probabilidade de que ela compareça "é muito grande".

A expectativa de interlocutores do ex-presidente é de que finalizada, neste fim de semana, a última sessão de quimioterapia no combate ao câncer de laringe, o petista tenha condições de participar do encontro sem que sinta tantos efeitos colaterais da primeira fase do tratamento.

Em seu último Natal com os catadores de papel e material reciclável como presidente da República, Lula disse que manteria a tradição mesmo fora do Planalto. Na ocasião, Lula entregou um caminhão ao Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis e autorizou convênios entre a entidade e o Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Em discurso, Dilma também se comprometeu em dar continuidade às políticas do governo Lula e garantiu que participaria de todas as celebrações de Natal realizadas pelos catadores.

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

CATADORES DA COLETA SELETIVA DE NATAL GANHAM NOVOS EQUIPAMENTOS

O trabalho de coleta seletiva de Natal desenvolvido por meio de um convenio entre a Companhia de Serviços Urbanos de Natal (Urbana) e a Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis do Rio Grande do Norte (Coocamar), ganhou reforços na noite deste sábado (10), no Centro Municipal de Referência em Educação Aluízio Alves (Cemure), na cidade da Esperança, com a doação por parte de empresas privadas e de instituições financeiras públicas, de veículos e equipamentos para cooperativa A doação tem o objetivo de contribuir para melhoria das condições de trabalho dos catadores e do processo de coleta de materiais.

Durante o evento foi exibido ainda o filme/documentário “Lixo Extraordinário”, pela WWF-Brasil, entidade brasileira, participante de uma rede internacional, comprometida com a conservação da natureza dentro do contexto social e econômico do país. O documentário mostra o contato do artista plástico Vik Muniz com os catadores de material reciclável do aterro sanitário do Jardim Gramacho, maior da América Latina, localizado no Rio de Janeiro.

A partir da experiência, surge um novo combustível criativo para Vik e, como contrapartida, os catadores diminuem sua distância com a arte e conseguem condições melhores de vida. Doações Um dos veículos entregues foi um caminhão baú novo, doado pela Fundação Banco do Brasil para o transporte dos materiais recolhidos, além de um carinho motorizado para o recolhimento dos recicláveis nas residências e empresas, doado pela Tecscan, empresa originária de Contagem/MG, que atua na produção de equipamentos para reaproveitamento, reutilização e reciclagem de resíduos em geral.

A empresa Tetrapak, que produz embalagens longa vida para venda de leite, sucos, feza doação uma prensa para compactação dos materiais reciclados. Também foi doado um micro-ônibus para o transporte de 32 catadores de suas residências para os trechos de trabalho, pelo programa Cata Ação, um modelo de intervenção socioeconômica local, realizado a partir de ações de integração social e organização produtiva.

Este programa visa contribuir para a sustentabilidade econômica e a cidadania plena de catadores e suas famílias, com uma melhor integração na cadeia produtiva, no desenvolvimento de opções de geração de trabalho e renda no contexto da economia solidária e do fortalecimento dos laços comunitários de solidariedade. O Cata Ação é fruto de parceria entre o Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis (MNCR), o Banco Interamericano de Desenvolvimento, por intermédio do Fundo Multilateral de Investimentos (BID/FUMIN), o Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), a Fundación AVINA, a Coca Cola Brasil e a Organização Intereclesiástica de Cooperação para o desenvolvimento (ICCO).

“Um dos grandes desafios das cidades é o problema do lixo. Por isso a reciclagem é um dos melhores caminhos que contribuem para atuar decisivamente neste contexto. E aqui em Natal temos os catadores de materiais recicláveis como nossos maiores parceiros para solução dos danos causados pelo lixo. Nosso objetivo é chegar a recolher em Natal cerca de 600 toneladas de materiais por dia. Este é só um começo de uma parceria que ainda trará muitos frutos”, destacou a prefeita Micarla de Sousa.

O presidente da Urbana, João Bastos, presente ao evento, deixou claro que o poder público municipal está totalmente aberto para fazer da coleta seletiva na cidade um grande sucesso. “A colete de materiais recicláveis é muito importante para melhoria da qualidade de vida em uma cidade. Este é apenas um passo que daremos para cada vez mais desenvolver o recolhimento deste tipo de materiais em nossa cidade”, destacou João Bastos.

O gerente de Meio Ambiente da Urbana, Heverthon Rocha, informou que o carrinho motorizado doado para Coocamar, será utilizado no trabalho de coleta seletiva de Ponta Negra, somando-se a outro já utilizado na comunidade.

De acordo com Fábio Cidrin Gama Alves, coordenador do Programa de Educação Para Sociedade Sustentável da WWF-Brasil, o filme “Lixo Extraordinário”, foi apresentado pelo programa Água Brasil, desenvolvido em Natal em parceria com a Prefeitura Municipal do Natal, além da Fundação Banco do Brasil, Agência Nacional de Águas e a WWF-Brasil.

“O programa desenvolve ações de consumo responsável e reciclável, visando mudanças de hábitos e atitudes em relação à geração e ao manejo de resíduos sólidos. Em Natal estamos desenvolvendo todo o plano de ação e já realizamos algumas atividades como dois dias de qualificação na sexta-feira (9) e no sábado (10), com catadores de Natal, Mossoró, Caraúbas, São Bernardo do Campo (SP).

Entre as ações a serem executadas, vamos contribuir, junto com a Prefeitura do Natal para instalação de Eco Pontos, campanhas de conscientização ambiental”, informou Fábio Cidrin, da WWF Brasil. Fundação Banco do Brasil O vice-presidente da Fundação Banco do Brasil, Éder Brasil, Éder Melo, destacou a importância da doação do caminhão baú para o trabalho dos catadores, além de citar outras ações da entidade neste trabalho. “Também daremos apoio no processo de gestão administrativa e contabilista da Coocamar”, informou Éder Melo

Além disso a Fundação atuará na capacitação dos catadores e assistência técnica da cooperativa com o projeto Cataforte, que tem o objetivo de mobilizar os trabalhadores e estimular sua organização em cooperativas e associações, fortalecendo sua autonomia para gerir e atuar nas diferentes etapas da cadeia produtiva de recicláveis.

O Cataforte é fruto da parceria entre a Fundação do Banco do Brasil e a Secretaria Nacional de Economia Solidária do Ministério do Trabalho e Emprego. De acordo com Severino Lima Júnior, representante para o Rio Grande do Norte do Movimento Nacional de Catadores de Materiais Recicláveis (MNCR), só a Coocamar, uma das cooperativas de Natal que desenvolvem o trabalho do recolhimento dos recicláveis, recolhe-se na capital potiguar cerca de 110 toneladas de materiais por mês, com o trabalho de 124 catadores. “Os veículos doados somam-se a outros oitos caminhões da cooperativa”, informou Severino Júnior.

Também compareceram ao evento a consultora da empresa Tetrapak, que doou a prensa para Coocamar, Ana Virgínia Araújo de Abreu e o consultor de vendas da Reunidas, empresa na qual o caminhão baú doado foi adquirido, Tiago Salvador



http://www.natal.rn.gov.br/noticia/ntc-7478.html

sábado, 10 de dezembro de 2011

Lixo Extraordinário será exibido em sessão grátis neste sábado

O premiado documentário "Lixo Extraordinário", que mostra o trabalho do artista Vick Muniz com os catadores de materiais recicláveis do lixão de Gramacho (RJ), será exibido gratuitamente em Natal neste sábado (10/12), às 18h, no Centro de Referência em Educação Aluísio Alves (Cemure), na Av. Coronel Estevam 3.705, bairro Nazaré. A exibição, promovida pelo Programa Água Brasil, será seguida de debate.

Filmado ao longo de dois anos (agosto de 2007 a maio de 2009), Lixo Extraordinário acompanha o trabalho do artista plástico Vick Muniz em um dos maiores aterros sanitários do mundo: o Jardim Gramacho, na periferia do Rio de Janeiro. Lá, ele fotografa um grupo de catadores de materiais recicláveis, com o objetivo inicial de retratá-los. No entanto, o trabalho com esses personagens revela a dignidade e o desespero que enfrentam quando sugeridos a reimaginar suas vidas fora daquele ambiente.

A equipe tem acesso a todo o processo e, no final, revela o poder transformador da arte e da alquimia do espírito humano. A direção é de Lucy Walker, com duração de 99 minutos e indicação livre.

Sobre o programa Água Brasil

O Programa Água Brasil, concebido pelo Banco do Brasil, é desenvolvido em parceria com Fundação Banco do Brasil, Agência Nacional de Águas e a organização ambientalista WWF-Brasil. Em Natal, o Água Brasil desenvolve ações de consumo responsável e reciclagem, visando mudanças de hábitos e atitudes em relação à geração e ao manejo de resíduos sólidos.